quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Romance das oito? Talvez...

Por: Irisbel Correia

Todas podem sonhar com o galã, aquele gato de dois metros, olhos claros ou o moreno, amante sexual, mas o que realmente queremos, nem que seja em segredo é aquele que só tem olhos pra si, que vê na mulher amada o seu alvo, só ela é a sua musa, sua inspiração, sua linda, simplesmente “SUA”. Sem medo do que vão dizer, ao caminhar de mãos dadas, ao demonstrar afeto, capaz de com um gesto simples arrancar sorrisos, não só dos lábios, mas dos olhos de quem AMA.

Sim é de romance que sonhamos, não com o galã que mostram nas novelas, e sim com o que acontece entre os apaixonados... o desprendimento, e a ausência do medo de perder. Os sonhos que já duplicam, a vontade de está junto só por estar, a cumplicidade desmedida. Sem a vergonha de ser piegas, em um mundo em que o romantismo está cada vez mais raro. Para quem quer AMOR, o romantismo é sinônimo dele.

Nenhum comentário: