segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Entender pra que?


Por Irisbel Correia

A vida é um imenso ponto de interrogação. A ansiedade, as buscas constantes por realizações imediatas, faz com que deixemos de lado o principal, VIVER.

Se fura um pneu, queremos saber, entender o porque não fomos por outro caminho, desviamos a pedra e se não somos nós o condutor, ai sim, virá assunto para a semana... e acabamos de perder o principal, a paisagem do percurso, o desfrute das pessoas que estão ao seu lado.

Se chove, e você foi pega de surpresa, é o fim do mundo... xinga até não poder mais, chuta tudo que está na frente, e lamenta-se o tempo todo por não ter ouvido sua mãe, que dizia, leva a sombrinha. E mais uma vez perde o essencial a maravilha das gotas limpando a degradação do homem e lavando sua alma.

O despertador não toca, acorda desesperado, nem degusta do café da manhã, quando chega no estacionamento esqueceu a chave do carro... novamente esbraveja e reclama de tudo, e não aproveitou o momento que teve para voltar em casa, beijar a esposa e os filhos que tinham acabado de acordar, que são raras as situações de vê-los acordados.

Veja os momentos difíceis, adversos como novas oportunidades de ser feliz, brigar com o mundo não leva a nada, querer entender os motivos e se culpar por isso, muito menos. Porque nada é mais importante do que viver intensamente. "Viver ultrapassa qualquer entendimento" - Clarice Lispector.

Nenhum comentário: